segunda-feira, 26 de setembro de 2022

Funcionário de escola em Pinhais é suspeito de assediar alunos.



Uma menina de 6 anos teria sido assediada por um professor da escola 

 Lírio Jacomel - Educação Infantil e Ensino Fundamental que fica no bairro Jardim Karla em Pinhais 


A denúncia foi feita (10/07  pela mãe da criança, fizeram o boletim de ocorrência e passaram pelo processo administrativo.


Esse professor passava a mão nela e dizia que era " massagem"


"PROFESSOR", COLOCAVA SENTADA EM SEU COLO COM A JUSTIFICATIVA DE AUXILIAR NOS DESENHOS E APROVEITAVA A OPORTUNIDADE PARA FAZER "MASSAGENS" NELA


Minha filha também passou por exames no Iml e pela escuta com a psicóloga.


No ano passado esse professor já tinha um processo, mas ele continuou trabalhando normalmente com as crianças.

Graças a Deus minha filha nos contou a tempo de acontecer algo pior.


Queremos divulgar pq pode ter acontecido com outras famílias.

Segundo outras denúncias criança também revelou que ele pegava a menina no colo pela "piriquita" mas a família preferiu não fazer o b.o ficaram com receio da criança ficar com traumas.

Delegacia enviou o inquérito nesse mês para o ministério público


O caso está sedo investigado pela Polícia Civil e a Secretaria de Educação solicitou o afastamento imediato do funcionário até que as investigações sejam concluídas pela polícia.

Motorista cai com carro em valeta em Piraquara e, sem conseguir sair, resolve beber: ‘Tava dentro d’água’



 O acidente aconteceu por volta das 23h, num trecho da Rua Nova Tirol, na Colônia Santa Maria. Não se sabe como, mas o motorista acabou se perdendo na direção e caiu com o carro na valeta.

O veículo, um Citroen Xsara Pıcasso, ficou de lado e preso entre a água e a lama. Por não conseguir nem chamar o guincho, nem ligar para ninguém da família, o motorista resolveu beber. Visivelmente alcoolizado, o homem disse à reportagem da Banda B 

“Ah, eu tomei depois que tava dentro d’água. Tomei cerveja e eu sou fraco. Precisava, né? Estava dentro do carro, na sacola [a cerveja]. Eu sou um policial federal, sou tenente”.


Apesar do acidente, o homem não se feriu. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado e os socorristas vieram rápido porque acharam que o carro poderia estar dentro do um rio maior, pois ali é próximo à barragem Piraquara 2.


“Viemos até pensando que esse carro poderia estar caído dentro de uma represa, porque é próximo. O motorista estava fora de perigo. Pode ter sido que tenha bebido após o acidente mesmo”. 

Após o atendimento, os bombeiros foram embora e a Polícia Militar (PM) foi chamada, cabendo inclusive aos policiais a avaliação sobre o homem ter bebido antes ou depois. Não se sabe como o homem conseguiu retirar o carro dali. 


Portal  Banda B 

quinta-feira, 22 de setembro de 2022

Professora acusada de quebrar braço de criança em creche de Pinhais é afastada



 Segundo a avó do menino, Regina Célia, a agressão teria acontecido na última terça-feira (20), por volta das 15h30 da tarde, CMEI - Centro Municipal de Educação Infantil Enedina Alves Marques Estância,mas a creche só avisou a família quase duas horas depois.

“Eles ligaram às 17h15 para minha filha buscá-lo, dizendo que ele não parava de chorar e elas não sabiam por que. Depois elas descreveram na agenda que ele estava machucado desde a hora do lanchinho deles, que era 15h30. Eles deixaram o bebê em sofrimento todo esse tempo”, 


Regina afirmou que uma professora relatou que o bebê se machucou enquanto ela trocava a fralda dele, mas não soube explicar como o suposto acidente ocorreu.

“A professora explicou. Ela falou que foi trocar a fralda dele e não sabe o que aconteceu. Para fraturar o braço da criança nesse nível, ela disse que não sabe”, 

Por família registrou boletim de ocorrência e agora quer Justiça.

“Ontem a noite fizeram cirurgia nele, colocaram dois pinos no bracinho dele. Dois pinos em um neném de um ano e meio, é muito difícil. Mas a gente vai lutar para mudar alguma coisa, vamos atrás de Justiça, não pode ficar impune, não podemos deixar o sistema do jeito que está, para outras fazerem a mesma coisa”, desabafou a avó.

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Educação de Pinhais ressaltou que “tão logo teve conhecimento da situação, adotou todas as medidas cabíveis, instaurando processo administrativo disciplinar, com o afastamento cautelar da servidora, para averiguação e elucidação dos fatos”.

Por: banda b 

terça-feira, 20 de setembro de 2022

Primeiro caso de Monkeypox é registrado em Pinhais



 A doença é causada por um vírus e a transmissão para humanos pode ocorrer por meio de contato com roedores infectados, pessoas infectadas e materiais contaminados. Os casos confirmados e em análise são acompanhados pela Unidade de Saúde de referência

COM ASSESSORIAS – A Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), confirmou nesta segunda-feira (19), o primeiro caso de Monkeypox registrado no município. Segundo o boletim emitido pela Semsa, foram notificados até o momento 24 casos da doença, sendo 14 descartados, nove em análise e um confirmado. O monitoramento está sendo realizado pela Unidade de Saúde da Família de referência.


A Monkeypox (MPX), varíola dos macacos ou varíola símia é uma doença causada pelo Monkeypox vírus, do gênero Orthopoxvirus e família Poxviridae. Trata-se de uma doença zoonótica viral, em que sua transmissão para humanos pode ocorrer por meio do contato com: animal silvestre (roedores) infectado, pessoa infectada pelo vírus Monkeypox ou materiais contaminados com o vírus.


Os sinais e sintomas em geral, incluem: erupções cutâneas ou lesões de pele, adenomegalia (ínguas), febre, dores no corpo, dor de cabeça, calafrio e fraqueza. O intervalo de tempo entre o primeiro contato com o vírus até o início dos sinais e sintomas da Monkeypox (período de incubação) é tipicamente de 3 a 16 dias, mas pode chegar a 21 dias.


Já o diagnóstico da doença é realizado de forma laboratorial, por teste molecular ou sequenciamento genético. O teste para diagnóstico laboratorial será realizado em todos os pacientes com suspeita da doença. A amostra a ser analisada será coletada, preferencialmente, da secreção das lesões.


Caso a pessoa manifeste algum sintoma, a orientação é procurar uma unidade de saúde para avaliação e informar se teve contato próximo com alguém com suspeita ou confirmação da doença. Se possível, deve se isolar e evitar contato próximo com outras pessoas. Outras orientações importantes são higienizar as mãos regularmente e seguir as recomendações para proteger outras pessoas da infecção.


A principal forma de proteção contra a doença é a prevenção, pois ainda não há medicamento específico e aprovado para o tratamento da Monkeypox no Brasil. Hoje o tratamento é baseado em medidas de suporte com o objetivo de aliviar sintomas, prevenir e tratar complicações e evitar sequelas.


Em caso de suspeita da doença, entre em contato com a Unidade de Saúde do seu bairro para se prevenir e evitar complicações.


Mirage Circus! Circo do ator Marcos Frota estreia em Pinhais nesta sexta (23)



 A partir desta sexta-feira, dia 23 de setembro, o Expotrade Convention Center, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba recebe o Mirage Circus. A atração, conhecida como o Gigante Brasileiro, tem como anfitrião o ator Marcos Frota.


Com uma estrutura grandiosa, o espetáculo traz uma programação diversificada, além das tradicionais apresentações com palhaços, contará com trapézio, artistas nacionais e internacionais no malabarismo, mágica, o motocross Freestyle e o famoso Globo da Morte.

Serviço

Inspirado nos cassinos de Las Vegas, Mirage Circus chega a Curitiba neste mês

Data: A partir de 23 de setembro

Local: Expotrade Convention Center, na Rodovia Deputado Leopoldo Jacomel, 10454, Vila Amelia, Pinhais (PR).

Horário dos espetáculos: terça a sexta, às 20h30 e sábados, domingo e feriados às 16h, 18h e 20h30

Operação contra investigados por tentativa de mega assalto em Guarapuava prende 17 pessoas



Operação contra investigados por tentativa de mega assalto em Guarapuava prende 17 pessoas

Polícias Civil, Militar e Científica do Paraná cumpriram mais de 70 mandados de prisão e de busca e apreensão, nesta terça-feira (20), no Paraná e em cidades de São Paulo e Santa Catarina.


Operação das polícias Civil, Militar e Científica do Paraná prendeu, nesta terça-feira (20), 17 pessoas suspeitas de envolvimento na tentativa de mega assalto a uma transportadora de valores de Guarapuava, na região central do Paraná, registrada em abril.


Em coletiva de imprensa, a Secretaria da Segurança Pública do Paraná (Sesp) disse que três suspeitos morreram na ação desta terça e que outros três são considerados foragidos. Sete armas foram apreendidas


Conforme a investigação, os alvos também são suspeitos por roubos registrados em Campina Grande do Sul, Cerro Azul, Lapa e Quitandinha, no Paraná, além de Criciúma, Araquari e Blumenau, em Santa Catarina, Araçatuba e Ourinhos, no estado de São Paulo e em Itajubá, em Minas Gerais.


A operação aponta que os criminosos compravam itens de luxo, viagens, bancavam procedimentos estéticos e ostentavam riqueza nas redes sociais, com o dinheiro levantado nos crimes.


Na manhã desta terça-feira (20), os agentes cumpriam 74 ordens judiciais, entre mandados de prisão e de busca e apreensão, nas seguintes cidades:


Paraná: Curitiba, Campina Grande do Sul, Fazenda Rio Grande, São José dos Pinhais, Maringá, Mandirituba, Ortigueira, Pinhais, Tibagi e Piraquara;

São Paulo: Piracicaba, Hortolândia, Embu-Guaçu, Campinas, São Bernardo do Campo, Itatiba e Itapecerica da Serra;

Santa Catarina: Barra Velha.

Por: G1 PR

Ônibus derruba poste após acidente com carro, em Pinhais



 Um acidente entre um ônibus e um carro derrubou um poste na manhã desta terça-feira (20) em Pinhais, no cruzamento da Rodovia João Leopoldo com Avenida Maringá, em Pinhais.

Os dois veículos ficaram bastante danificados e um dos condutores foi socorrido pelo Siate e conduzido para atendimento hospitalar.


Com o impacto, o poste acabou sendo arrancado. No ônibus, no momento do acidente, não havia ninguém além do motorista. Segundo a polícia, um deles teria furado o sinal, um dos motoristas precisou ser encaminhado ao hospital, mas o estado de saúde era considerado leve.

Parte da região dos bairros Centro, Estância e Emiliano Perneta sem energia elétrica, após o ônibus colidir contra o poste.


Foto: colaboração 

sábado, 17 de setembro de 2022

Piraquara: Homem é executado com pelo menos dez tiros na região das costas e na cabeça



 Um homem de aproximadamente 62 anos identificado como Sebastião Acir Martins,foi morto com pelo menos dez tiros de arma de fogo na região das costas e da cabeça. O crime aconteceu na Rua Atílio Pedão, no bairro Águas Claras em Piraquara.

Superintendente da Delegacia de Piraquara, Sérgio Klaar, contou que a suspeita é de um veículo corsa, modelo wagon de cor bordô, com dois indivíduos tenha realizado o crime. A Investigação busca câmeras de segurança da região para esclarecer o caso.

Indivíduo foi alvejado com vários disparos de arma de fogo. A princípio foram dois elementos em um corsa wagon bordô que efetuaram os disparos. Estamos buscando imagens e testemunhas que possam vir a ajudar na elucidação do crime” relatou para a reportagem


A vítima que já foi identificada como Sebastião Acir Martins, encaminhada para o Instituto Médico Legal de Curitiba.

Foto: colaboração 



sexta-feira, 16 de setembro de 2022

Apostas de Pinhais e Curitiba levam R$39 mil na quina; prêmio máximo da Mega acumula



 Um bolão de Curitiba e uma aposta simples de Pinhais, na Região Metropolitana, acertam cinco das seis dezenas da Mega-Sena, que foi sorteada na noite desta quinta-feira (15). Cada bilhete levará para casa R$39.671,24. O prêmio máximo acumulou novamente e vai pagar, no próximo sábado, R$ 125 

O bolão de Curitiba tinha apenas duas costas e foi feito na Lotérica Arca da Sorte, localizada na Rua Conselheiro Laurindo, no Centro. Já a aposta de Pinhais foi realizada por meio do Internet Banking da Caixa Econômica Federal.

Os números sorteados ontem foram: 02 - 17 - 22 - 41 - 58 - 60. A quina teve 160 ganhadores. Os 10.126 acertadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 895,48.

Notícias do Nosso Dia

quinta-feira, 15 de setembro de 2022

Justiça converte prisão passa a responder pelos crimes com tornozeleira



 A Vara Criminal de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, converteu a prisão preventiva de Camila de Andrade Pires Marodim e ela vai passar a responder pelos crimes em liberdade. A decisão foi publicada nesta quarta-feira (14), no Processo Eletrônico do Judiciário do Paraná. Conhecida como ‘trafigata’, Camila é apontada como uma das comandantes de uma organização criminosa acusada de tráfico de drogas. Em fevereiro, ela e um amigo sofreram um atentado no bairro Alto Boqueirão, em Curitiba.

O pedido de liberdade foi feito à Justiça com base de Camila possuir três filhos com menos de doze anos, que necessitam de cuidados; que os processos estão em trâmite e sem previsão de encerramento; e que atualmente é inexistente o perigo à ordem pública.


Portal Bandab

quarta-feira, 14 de setembro de 2022

Mulher que não sabia estar grávida dá à luz dentro de ônibus em Curitiba



 Maria Cristiane Ferreira de França, de 34 anos, cozinheira em um hotel no Batel, sentiu uma indisposição na região do estômago ao entrar no trabalho hoje cedo. Por algumas horas, ela conseguiu lidar com isso, mas, diante da forte dor, decidiu ir à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Boa Vista. Logo após o meio-dia, no biarticulado Santa Cândida / Capão Raso, na altura da estação-tubo Gago Coutinho, a dor passou e um filho nasceu. “Eu não fazia nem ideia de que estava grávida”, contou ela, por telefone, do Hospital de Clínicas. “Foi uma surpresa”.


Quem também foi surpreendido foi o motorista do ônibus, Isaías Francisco Fernandes Júnior. Ele estava fazendo a última viagem dele quando um colega de trabalho o alertou: “Temos uma situação dentro do ônibus. Parece que tem uma mulher grávida”. Ele foi até a passageira e perguntou o que estava acontecendo. “Ela respondeu que achava que estava grávida. De repente, o bebê começou a sair”.


O motorista pediu se alguém no ônibus poderia ajudar e rapidamente duas mulheres passaram a auxiliar a passageira. Enquanto isso, ele ligou para o Samu. Quando foi transferido para o médico, o bebê já tinha nascido. “Fui lá olhar e o bebê ficou uns dez segundos sem chorar. Foi um momento de tensão. De repente ele chorou e todos comemoraram”. O motorista também ligou para a empresa em que trabalha, a Transporte Coletivo Glória, e foi orientado a parar próximo à garagem para receber qualquer suporte necessário. O Grupo de Apoio da empresa também prestou auxílio.

Maria Cristiane se disse muito agradecida pelo atendimento que recebeu dentro do ônibus e destacou o trabalho do motorista. Inclusive, homenageou o motorista ao dar o nome de Gustavo Isaías para o filho. Quando soube, o motorista se emocionou. “É uma história que vou levar para a vida inteira”.


Empresas de Ônibus de Curitiba

Curso de Segurança no Trabalho em Altura tem inscrições prorrogadas



 Trabalhadores da área da construção civil poderão participar da capacitação em duas turmas nos dias 19 e 21 de setembro; saiba como se inscrever


A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Gerência de Vigilância Sanitária e Saúde do Trabalhador (GEVSST), prorrogou até o dia 14 de setembro o prazo de inscrições para o curso de NR 35 (Segurança no Trabalho em Altura). Destinado a 31 trabalhadores da área da construção civil, o curso tem carga horária de oito horas e será ofertado em duas turmas, nos dias 19 e 21 de setembro, de forma gratuita.


Os interessados podem entrar em contato pelo WhatsApp (41) 99217-8236, emails vagner.langoski@pinhais.pr.gov.br ou ana.padilha@pinhais.pr.gov.br ou presencialmente na sede da GEVSST, que fica na Rua Guilherme Weiss, 320, no bairro Estância Pinhais. O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Limitadas, as 31 vagas serão preenchidas por ordem de inscrição (desde que atenda os requisitos), sendo feita uma lista de espera para ser utilizada em caso de desistências.


São requisitos para participação: residir em Pinhais; e que trabalhe no setor de construção civil, sendo autônomo ou MEI (Microempreendedor Individual). O profissional autônomo deve apresentar cópia da Carteira de Trabalho e comprovante de residência, e o MEI deverá apresentar o CCMEI – Certificado da Condição do Microempreendedor Individual.


O objetivo é capacitar os profissionais para identificar situações que possam ocasionar acidentes de trabalho, conhecer as medidas preventivas, uso de EPIs de trabalho em altura, dentre outros. A formação é dividida em quatro horas de aula teórica e quatro horas de prática.

Pinhais realiza mais duas edições da Feira Agroecológica nesta semana



 Realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a feira acontece nesta quinta (15) e sábado (17)


Nesta quinta-feira (15) acontece mais uma Feira Agroecológica, das 14h às 19h, ao lado do terminal de Pinhais. No sábado (17) a feira ocorre das 10h às 16h no Parque das Águas. A ação é realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Departamento de Agricultura e Abastecimento.  


O público pode adquirir produtos agroecológicos, orgânicos e artesanatos sustentáveis. Além de incentivar o consumo de alimentos saudáveis e estimular a geração de emprego e renda. 


Serviço


Feira Agroecológica 


Toda quinta-feira, das 14h às 19h – Rua América do Sul, ao lado do terminal de Pinhais


Todo terceiro sábado do mês – Parque das Águas de Pinhais – Rodovia Deputado João Leopoldo Jacomel esquina com a Estrada Ecológica.


Mais informações com o Departamento de Agricultura e Abastecimento (41) 99268-0724

Campanha de Vacinação acontece neste sábado (17) em Pinhais



 Algumas unidades de saúde atendem das 9h às 15h; a ação tem como objetivo ampliar a cobertura vacinal contra a Poliomielite e demais doenças


No próximo sábado (17), a Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria de Saúde, realiza uma Campanha de Vacinação nas Unidades de Saúde da Família (USFs) Vila Amélia, Perdizes, Vargem Grande, Tarumã e Esplanada, das 9h às 15h. 


O atendimento reforça as Campanhas Nacionais de Vacinação contra a Poliomielite, destinada a crianças de um a menores de cinco anos, e a Multivacinação que tem como finalidade atualizar as vacinas em atraso para o público menor de 15 anos. Também serão atendidos adultos para a atualização da carteirinha de vacinação. 


A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) reforça que a cobertura vacinal, especialmente contra poliomielite, está baixa. Além disso, essa também é uma oportunidade para toda a população receber as demais vacinas previstas no calendário nacional, incluindo da Covid-19. 


De acordo com dados da Semsa, até o momento 27.724 pessoas, de um total de 98.902, receberam o 2º reforço da vacina contra a Covid-19, liberada para toda a população adulta (18+). Outro dado a ser considerado é que 71.730 pessoas fizeram o 1º reforço, lembrando que é necessário respeitar um intervalo de quatro meses entre as doses.


Serviço


Campanha de Vacinação 


17 de setembro (sábado), das 9h às 15h


Locais: USFs Vila Amélia, Perdizes, Vargem Grande, Tarumã e Esplanada.


Público-alvo: crianças de 1 a menores de 5 anos – Poliomielite; menores de 15 anos para vacinas previstas no calendário de vacinação e adultos para atualização da carteirinha de vacinação.


Ex-companheira morta por PM em Curitiba registrou Boletim de Ocorrência contra ele dias antes do crime, diz polícia


 

Militar alvejou carro da vítima, no bairro Rebouças, na terça-feira (13), três dias após ameaçar a mulher, segundo o boletim; homem se matou após policiais tentarem rendição por cerca de quatro horas.

A mulher morta a tiros pelo ex-companheiro, um soldado da Polícia Militar (PM), em Curitiba , no final da tarde de terça-feira (13), havia registrado Boletim de Ocorrência (B.O.) contra o suspeito, em que relatou ter sofrido ameaças dele.


Conforme a polícia, o PM Dyegho Henrique Almeida da Silva alvejou o carro em que estava a vítima, Franciele Cordeiro e Silva, na Rua Francisco Nunes.


O suspeito permaneceu no carro com o corpo da vítima e, segundo a polícia, após cerca de quatro horas de negociação, cometeu suicídio.

Ameaças

No B.O. registrado pela vítima, ela relatou que teve um relacionamento com o policial por um ano e que os dois haviam se separado havia um mês. A mulher relatou que, na sexta-feira (9), o suspeito ligou para a casa dela e fez ameaças.


Depois de ela desligar o telefone, de acordo com a vítima, uma pessoa informou que o PM estava em frente à casa dela. No documento, a mulher disse que ligou para a Polícia Militar e alertou que o homem estava "transtornado" e rondando a residência. 

No Boletim de Ocorrência, a vítima relatou que "como a casa estava alugada em nome dos dois", o suspeito comunicou a saída do imóvel para a imobiliária, para tentar chantagear a vítima, obrigando-a a sair.


Ainda à polícia, Franciele disse que, no ano passado, engravidou de Dyegho e que ele insistia para que ela abortasse. A criança morreu dias após o nascimento, que foi prematuro, segundo ela.


A mulher relatou ainda que, após uma depressão, o militar chegou a ser afastado dos trabalhos por um mês.


Nesta quarta-feira (14), a Polícia Civil informou que a vítima registrou o boletim no domingo (11). "Na segunda-feira, foi solicitada a prisão do suspeito, o qual estava em andamento. Também foi requerida medida protetiva para a vítima", disse.


A Polícia Militar (PM) informou que se solidariza com os familiares das vítimas e lamentou o ocorrido. "Todos os procedimentos de segurança foram adotados pelas equipes policiais desde a primeira intervenção e as tratativas foram feitas de forma incessante", disse a corporação.


A corporação disse também que as motivações serão devidamente apuradas posteriormente.


Conforme a polícia, haverá uma investigação militar e um procedimento foi encaminhado à Delegacia da Mulher para apuração do caso, para onde foi encaminhada a arma usada pelo policial no crime.

G1 Paraná 

Policial mata a ex-mulher a tiros, se tranca em carro com o corpo da vítima e tira a própria vida em Curitiba


 


O policial militar Dyegho Henrique Almeida da Silva matou a tiros a ex-mulher, Franciele Cordeiro e Silva, no final da tarde desta terça-feira (13), na Rua Francisco Nunes, no bairro Rebouças, em Curitiba. 


Após os disparos, ele se trancou dentro do Citroën C3 de cor branca com o corpo da vítima. Equipes policiais isolaram o local tentando negociar sua rendição até por volta das 21h15, quando o atirador tirou a própria vida com um tiro.


Segundo testemunhas, o homem chegou em uma moto, abordou a mulher que estava com a filha, uma adolescente de 11 anos, dentro do Citroën C3 e atirou contra ela.


O Siate foi acionado para o endereço, mas nada pode fazer já que a mulher estava dentro do veículo com o PM. A adolescente conseguiu fugir de dentro do carro.


Franciele tinha 28 anos, dois filhos de outro relacionamento, a menina de 11 anos e outro de 13. O relacionamento entre Franciele e Almeida teria durado cerca de 1 ano e foi marcado por diversas brigas.


Em nota, a Polícia Militar afirma que todos os procedimentos de segurança foram adotados pelas equipes policiais. Leia na íntegra:


“Sobre os fatos ocorridos no final da tarde/início da noite desta terça-feira, a Polícia Militar do Paraná, inicialmente, se solidariza com os familiares das vítimas e lamenta o acontecido.


Todos os procedimentos de segurança foram adotados pelas equipes policiais desde a primeira intervenção e as tratativas foram feitas de forma incessante.


Neste momento é fundamental mover todos os esforços para amparo das famílias e as motivações serão devidamente apuradas posteriormente


Relacionamento abusivo

Almeida publicou um vídeo no status do WhatsApp, após ter matado a tiros a ex-mulher, em que diz ter sido “vítima de um relacionamento abusivo”.


Informações Olho Vivo Paraná

domingo, 11 de setembro de 2022

Unidade de Saúde Weissópolis, em Pinhais, será reformada e ampliada



As obras iniciaram dia 8 de setembro, e o investimento é de aproximadamente R$ 555 mil. Os trabalhos têm prazo de execução de 150 dias e o equipamento público ganhará mais 80 metros de área construída, passando para um total de 680 m².

Serviço

Durante o período de reforma e ampliação da unidade de saúde, a orientação é que os moradores que necessitam dos serviços da farmácia e vacinação se dirijam até a Unidade de Saúde da Mulher e da Criança, que fica no mesmo bairro, na Rua Rio Solimões, nº 710. Já o paciente que busca atendimento médico, pode comparecer na sede da USF Weissópolis. O usuário receberá o primeiro atendimento (triagem) e será direcionado pelos profissionais de saúde para fazer sua consulta em outra USF do município

Mulher que estava desaparecida há um mês é achada morta em Pinhais



 O corpo de uma mulher que estava desaparecida há quase um mês foi encontrado em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, no início da tarde deste domingo (11). O corpo foi encontrado pelo pai da vítima.

Edimara Oliveira de Souza, 37 anos, havia desaparecido no bairro Jardim Karla, no dia 18 de agosto.

O corpo de uma mulher que estava desaparecida há quase um mês foi encontrado em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, no início da tarde deste domingo (11). O corpo foi encontrado pelo pai da vítima.


Edimara Oliveira de Souza, 37 anos, havia desaparecido no bairro Jardim Karla, no dia 18 de agosto, e de acordo com a Polícia Civil (PC), Edimara teve o corpo encontrado em um matagal, no mesmo local que havia desaparecido.


Edimara estava sem vida, com um cipó amarrado no pescoço. O pai ainda revelou que a marmita que a filha levava todos os dias para o trabalho estava ao lado do corpo. O caso será investigado pela Polícia Civil do Paraná (PCPR).

Ainda não se tem a informação da causa da morte e a linha de investigação que vai ser seguida.

sábado, 10 de setembro de 2022

Luccas Abagge, filho envolvido no caso Evandro, é morto durante confronto com a polícia em MS



 Luccas Abagge, de 32 anos, foi morto neste sábado (10) em Fátima do Sul, município distante 239 quilômetros de Campo Grande, por policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais). O confronto ocorreu numa casa em que ele se escondia, na Rua Santo Amadeu.


Os agentes o encontraram em trabalho conjunto de troca de informações entre os SIGs de Dourados e Fátima do Sul, além da Polícia Penal.



Ele estava foragido da Penitenciária Estadual de Dourados desde quarta-feira (7). Abagge foi condenado a prisão no estado do Paraná e recapturado em junho deste ano, na fronteira com o Paraguai.


Em janeiro de 2019, foi condenado a 54 anos por homicídio, pena posteriormente reduzida para 48 anos. O crime ocorreu em disputa por ponto de vendas de drogas em Curitiba (PR). Em julho do mesmo ano, ele foi condenado de novo, dessa vez a 32 anos por matar um adolescente e deixar outro ferido na capital paranaense.


Com histórico de fugas, Luccas também carrega o sobrenome ligado à morte do menino Evandro Caetano, 6, que abalou o Brasil nos anos 1990. A família ficou conhecida pelo crime ocorrido em Guaratuba (PR), em 1992. Sua mãe, Beatriz Abagge chegou a ser condenada pela morte da criança, teve perdão judicial e atualmente pede a revisão à Justiça. Numa série documental, ela relata ter sofrido tortura para confessar o crime.


Fuga - Conforme apurado pelo Campo Grande News, ele foi alojado na cela 29 do Raio 2, onde ficam presos do PCC (Primeiro Comando da Capital). Ele escalou a muralha do presídio usando uma “teresa” – corda artesanal feita com pedaços de pano. Numa das pontas havia uma barra de ferro pontiaguda, que foi cravada no chão para prender a corda.


A real identidade foi confirmada com a coleta de impressões digitais. Ele também foi denunciado por falsificação de documento público e uso de documento falso, quando foi recapturado em Ponta Porã no dia 18 de junho deste ano, coincidentemente em nome de Evandro de Oliveira Ribeiro.


Ele negou ser Luccas Abagge, mas a perícia confirmou se tratar do criminoso paranaense procurado por várias mortes. Com isso, se tornou réu por crimes também em Mato Grosso do Sul. Com prisão preventiva decretada, foi mandado para a Unidade Penal de Ponta Porã e depois transferido para o presídio de Dourados.


Abagge estava em processo de transferência para um dos novos presídios da Capital, onde o sistema de segurança é maior, mas escapou antes.


Campo Grande News

quarta-feira, 7 de setembro de 2022

mais uma rodada da Copa Pinhais de Futebol Master





Equipes das Séries Ouro e Prata entram nos campos Amocra, Arizona e Weissópolis a partir das 9h

No próximo domingo (11), as 18 equipes das Séries Ouro e Prata entram em campo pela terceira rodada da 12ª Copa Pinhais de Futebol Master. Os jogos serão nos campos do Amocra, Arizona e Weissópolis, às 9h, 11h e 13h30. A competição é organizada pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, por meio do Departamento de Esportes e Lazer.

Depois da segunda rodada, a disputa da Série Ouro está acirrada no Grupo A, com quatro das cinco equipes tendo 3 pontos cada, à frente do lanterna Colorado que ainda não pontuou. No Grupo B, a OMF lidera isolada com 6 pontos. Na Série Prata, Triestre, Vila Tarumã e Família continuam na liderança de seus respectivos grupos: A, B e C. 

Luiz Carlos dos Santos da Cruz, da OMF, chegou à frente na disputa da artilharia da Série Ouro, com 3 gols anotados. Judimar Lopes da Silva, da Canarinho, também marcou três vezes e aparece em primeiro na tabela de artilheiros da Série Prata.

Confira a tabela completa dos jogos da 3ª rodada e outras informações na página da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer no site da Prefeitura de Pinhais.

Serviço

3ª rodada da 12ª Copa Pinhais de Futebol Master

Domingo, 11 de setembro

Série Ouro:

Atlético de Pinhais X Panela – 9h – Amocra 

Colorado X Gera – 11h – Amocra 

OMF X Santiago – 9h – Arizona 

Passaúna X União Pinhaense – 11h – Arizona 

Série Prata:

Perdizes X Vila Tarumã – 9h – Weissópolis 

Amigos do Paraíba X Galvão – 11h – Weissópolis 

Fênix X Tigrão – 13h30 – Amocra 

Jardim Cláudia X Família – 13h30 – Weissópolis 

 


terça-feira, 6 de setembro de 2022

Moradores relatam transtornos com obra em avenida de Pinhais



 Iniciada em fevereiro, a última etapa de duplicação da Avenida Maringá, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, e importante ligação entre Colombo e São José dos Pinhais, tem causado transtornos para moradores e comerciantes. As obras ocorrem em um trecho de 700 metros entre as Ruas Francisco Eugênio Gomes Pereira e Joaquim Borges, nas proximidades do Cemitério Jardim da Saudade.

Com novas vias sendo construídas, pedestres e motoristas têm enfrentado desvios diariamente. Se os carros precisam mudar de pista constantemente, pedestres precisam se deslocar pelo mesmo espaço dos veículos fugindo de poças d’água e buracos.


O morador Michel Bremm alerta que já presenciou incidentes de trânsito provocados pela falta de sinalização.

Segundo a prefeitura, um novo sistema de drenagem, responsável pela captação e destinação das águas da chuva, já foi concluído. Devem ser construídas ainda calçadas com concreto poroso e ciclovia. Na sequência, deve ser executada a nova base da pavimentação e meio-fio. Ainda conforme o projeto da prefeitura, a obra será concluída com a instalação de iluminação em LED, pinturas e paisagismo. Porém, por enquanto o que se observa é início da construção do meio-fio da avenida.

Procurada pela reportagem a Prefeitura de Pinhais se manifestou por meio de nota e afirmou que a obra possui complexidade elevada exigindo o trabalho de técnicos e a utilização de equipamentos de grande porte, o que acarretou na alteração ao cronograma inicial. Neste momento, os trabalhos estão adequados ao planejamento, segundo a prefeitura, com início do serviço de execução de meio-fio, que antecede a aplicação da camada de revestimento da pista. Referente à sinalização, a administração informou que sempre orientou a construtora para garantir a segurança da obra, dos funcionários, dos moradores, pedestres e motoristas. Porém, apesar de medidas judiciais e atendimentos diretos com a população, ações de vandalismo das placas de sinalização, furtos de placas metálicas e cones de borracha, tem prejudicado o andamento dos trabalhos. Por fim, a prefeitura não estabeleceu um prazo de conclusão dos trabalhos, mas, disse que os transtornos serão minimizados e certamente a obra irá impactar positivamente na vida da população.


Posicionamento da Prefeitura de Pinhais na íntegra:

A Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop), informa que a obra de duplicação da Avenida Maringá teve a ordem de serviço assinada no dia 31 de janeiro deste ano e teve início no período programado, conforme contrato.

A obra possui complexidade elevada, principalmente em questões técnicas como a geologia local, o baixo índice de suporte do subleito e elevado nível do lençol freático. Logo, foi necessário intenso trabalho dos técnicos responsáveis e utilização de equipamentos de grande porte, acarretando alteração ao cronograma inicial.


Atualmente, os trabalhos encontram-se adequados ao cronograma, com início do serviço de execução de meio-fio com sarjeta, que antecede a execução da camada de revestimento da pista.

Referente à sinalização, destacamos que a Prefeitura de Pinhais sempre orientou a empresa para garantir a segurança da obra, dos funcionários, dos moradores e transeuntes. Além disso, foram encaminhadas diversas solicitações de providências e duas notificações extrajudiciais que confirmam a ação da fiscalização neste sentido.


Todos os protocolos e solicitações verbais realizados pelos munícipes vêm sendo atendidos pela Prefeitura, como redução de pó com irrigação da pista em obra, esclarecimentos sobre projetos e acessos provisórios dos comércios. Entretanto, temos enfrentado ações de vandalismo das placas de sinalização, remoção de diversos dispositivos inibidores de tráfego, furto de placas metálicas e cones de borracha, além de trânsito de veículos sobre os passeios recém executados e canteiros.


Assim como nos trechos já executados do projeto de duplicação da Avenida Maringá, os transtornos são mitigados e certamente a obra irá impactar positivamente na vida de todos os moradores do município e aqueles que nos visitarem após sua conclusão.


Reportagem: Leonardo Gomes

Banda New FM Curitiba 


segunda-feira, 5 de setembro de 2022

De Piraquara para a guerra na Ucrânia! Paranaense relata os dramas da guerra



 Adilson de Andrade Ganzert, 41 anos, curitibano, está se preparando para entrar nos combates que já duram quase sete meses. Ganzert aguarda a liberação do Comando Ucraniano para auxiliar em trechos mais perigosos e, enquanto isso, faz treinamentos militares em cidades ucranianas.

Para chegar no Leste Europeu com o objetivo de lutar diante dos russos, Ganzert recrutou-se na Legião Internacional de Defesa Territorial da Ucrânia, uma força paramilitar formada por 20 mil estrangeiros. Essa unidade foi anunciada em um comunicado do ministro das Relações Exteriores ucraniano, Dmytro Kuleba, em 27 de fevereiro de 2022

Ao tomar conhecimento do grupo e cansado de ver imagens da guerra, o curitibano resolveu ir para a Ucrânia em agosto. “Servi em 1999 no bairro Pinheirinho, e gosto do militarismo. Trabalho na segurança privada, e quando o presidente Volodymyr Zelensky falou que pessoas do bem seriam bem-vindas ao país, decidi ajudar. Fiz uma campanha para arrecadar R$1 por pessoa para tentar custear a passagem, mas fui xingado nas redes sociais. Fui chamado de oportunista e não consegui nada. Um grupo de amigos de São Paulo fez a vaquinha e conseguimos somente passagem de ida”, brincou Adilson.


Para chegar a ser um combatente de guerra, Ganzert entrou em contato via Telegram com a Legião Internacional de Defesa Territorial da Ucrânia. Mandou vídeos e relatou que tinha interesse em ser voluntário. No entanto, até se aproximar na região da fronteira ucraniana, o curitibano quase foi extraditado na Suíça, teve extravio de mala, machucou o pé, e até hoje sofre com brincadeiras que está acima do peso.

Sobre o peso tudo bem. Sou um pouco gordinho, mas já perdi quase uma tonelada aqui na Ucrânia. Tinha coisa que não comia no Brasil, e aqui não posso negar. O ambiente é de guerra e não de passeio com a família. Chegar aqui já é uma vitória. Não tenho pressa de entrar na linha de frente”, disse o curitibano

Sirene do terror

Dentro da Legião Internacional de Defesa Territorial da Ucrânia, Ganzert passou por diversas cidades, onde segue treinando. Aliás, o curitibano não pode revelar em qual município está, pois isso é considerado uma infração de guerra. “Posso dizer que estou bem e treinando muito. Nos próximos dias, farei exame de saúde e assinarei um contrato para seguir para um batalhão. Não estou com pressa. Ajudo pessoas nas ruas e elas querem nos abraçar. Isso é recompensador demais. Não ando armado, pois estou em um processo de recrutamento”, reforçou o soldado.


Apesar de estar em uma cidade que tenta seguir normalmente a rotina e que foi pouco bombardeada na guerra, as sirenes de alerta costumam provocar medo e temor. “Na cidade em que estou é vida normal, mas toca o alarme. Aqui é Oeste da Ucrânia, mas na cabeça dos russos, o comando de inteligência está longe de Kiev, e quando toca, temos 15 minutos para se esconder. Parece filme catastrófico! É assustador”, definiu Ganzert.

Explosões, mortes de amigos e mulheres na luta

Em um ambiente de guerra, histórias de pessoas que perderam a vida são comuns. Ganzert ouviu que um colombiano acabou pisando em uma mina terrestre e não resistiu. “Escutamos de todos os lados os registros de perdas. Espero que até o fim do ano a guerra acabe. As mulheres assumiram muitas funções de trabalho, pois os maridos foram lutar. Sinto saudades de muita coisa, especialmente da família e dos amigos. Estou bem aqui, estou tendo a companhia de pessoas de vários países que diminuem a solidão ou a saudade”, confidenciou Ganzert.

Até o momento, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores, André Luis Hack Bahi, de 44 anos de idade, e Douglas Rodrigues Búrigo, 40 anos, ambos do Rio Grande do Sul, são os dois brasileiros mortos na Guerra da Ucrânia. A dupla fazia parte também da Legião Internacional.


Família ansiosa pelo retorno


Eu gostaria que ele não fosse para a linha de frente, pois ali é o perigo. Eu queria que ele voltasse já! ”, definiu a esposa. Foto: Tribuna do Paraná/


A família de Ganzert mora em Piraquara e aguarda com ansiedade esse retorno. Eles esperam que o curitibano não entre na linha de frente. Alessandra Francisco Pereira, esposa de Ganzert, ficou com a responsabilidade de cuidar da casa e dos quatro filhos. “A atitude dele teve uma mistura de doidera com muita coragem. Quando avisou que estava indo, falei que ele estava maluco. Falamos diariamente e tento ser forte. Temos filhos, sendo um deles autista, e o sentimento de medo ou temor é normal. Eu gostaria que ele não fosse para a linha de frente, pois ali é o perigo. Eu queria que ele voltasse já! ”, definiu a esposa.


Tribuna do Paraná